Archives for maio,2009

You are browsing the site archives by date.

,

ORT comemora Iom Haatzmaut

O Instituto de Tecnologia ORT, representado pelo seu diretor, Hugo Malajovich, pela coordenadora de ensino, Beatriz Rachevsky, e seus alunos, participaram da comemoração de Iom Haatzmaut na Hebraica.

Cerca de 800 pessoas da comunidade judaica estavam na comemoração, organizada pela FIERJ e pelos movimentos juvenis. O evento contou com música (dupla “RAGuigá”), dança israelí, projeção de filme, sorteios e a presença de diversas autoridades.

Read More
,

Iom Ierushalaim com Albert Kolker

No dia 21 de maio de 2009, o Instituto de Tecnologia ORT comemorou o dia de Iom Ierushalaim, festividade que marca a reunificação de Jerusalém durante a Guerra dos Seis Dias por Israel em 27 de lar (maio de 1967).

O dia possui um alto significado religioso, uma vez que o Monte do Templo e o Muro Ocidental retornaram à soberania judaica pela primeira vez desde o ano 70 A.C. Em Israel, este dia é comemorado com festas, músicas e relatos deste dia histórico.

A comemoração no ORT incluiu duas expressões artísticas: a projeção de um slideshow com músicas da ópera Nabuco de Verdi la ária “Va, pensiero sull’ ali dorate” e a inauguração, na entrada de sua biblioteca, de um quadro doado pelo artista plástico, Albert Kolker. A obra, medindo 1,00 x 1,20, retrata a cidade de Jerusalém. O artista utilizou uma técnica mista, textura e areia para que, mesmo com os olhos fechados, todos pudessem sentir o Muro das Lamentações.

 

Read More
,

Ronaldo Gomlevsky no ORT

Na segunda-feira, dia 18 de Maio de 2009, o Diretor Geral da revista Menorah, Ronaldo Gomlevsky, proferiu uma palestra com muitas fotografias para os alunos da 3ª série do 2º grau do Instituto de Tecnologia ORT, do Rio de Janeiro.

O palestrante transmitiu aos alunos as impressões e experiências que teve durante sua recente viagem a Israel. Entre os temas abordados: o que os Israelenses esperam dos novos governos de Israel e EUA, como sentiram a recente Operação Chumbo Fundido e as expectativas das populações árabes e israelenses com relação à paz e à manutenção de seus estados.

Os alunos viram as fotos com muita atenção e ao final fizeram muitas perguntas. O antissemitismo no mundo é um tema que preocupa bastante os jovens judeus e a oportunidade de se atualizar e poder debater em público é sempre muito bem vinda.

Read More
,

Exposição Janusz Korczak no ORT

O Instituto de Tecnologia ORT inaugurou, no dia 7 de maio de 2009, a exposição “JANUSZ KORCZAK, um legado para a humanidade”. A exposição conta a vida e a obra deste renomado educador, médico pediatra e escritor judeu que apesar de receber ofertas de exílio, recusou-se a deixar seus alunos para trás no Gueto de Varsóvia, preferindo ser deportado junto com eles ao campo de extermínio de Treblinka, em agosto de 1942.

Estiveram presentes à inauguração os presidentes do ORT, Armando Klabin, e do Museu Judaico, Max Nahmias, diretores das duas instituições e representando a FIERJ, Nissim Cohen Hallale e Sheila Cohen Hallale.

A exposição continua aberta ao público de 2ª a 6ª feira, das 10h às 18h, até o dia 30 de Junho de 2009.

“A exposição sobre Korczak insere-se nos propósitos do Centro de Estudos do Holocausto do Museu Judaico do Rio de Janeiro, que vem contribuindo para a divulgação e o debate de temas ligados a este acontecimento singular que definiu o século XX e constituiu-se na maior tragédia do povo judeu.

O Museu Judaico integra-se assim aos esforços das instituições culturais que, em todo o mundo, preservam a memória das vítimas civis assassinadas pelo nazismo – entre as quais seis milhões de judeus, inclusive um milhão e meio de crianças – para que fatos tão trágicos jamais se repitam.

O Centro de Estudos do Holocausto patrocina concursos anuais para estudantes, realiza conferências e coloca à disposição do público e dos pesquisadores uma biblioteca e uma videoteca temáticas, além de depoimentos gravados de sobreviventes que emigraram para o Rio ao final da Segunda Guerra.

Ademais, o Museu Judaico mantém em exposição permanente sua coleção de objetos, livros e documentos representativos de todos os aspectos do judaísmo no Brasil.

Ficamos muito felizes de contar com a sempre ativa colaboração do Instituto de Tecnologia ORT nesta exibição que consideramos ter muita importância para a formação de seus alunos.”

Max Nahmias
Presidente
Museu Judaico do Rio de Janeiro.

“A exposição “JANUSZ KORCZAK, um legado para a humanidade” nos permitirá mostrar aos nossos jovens alunos a trajetória de uma das figuras emblemáticas do judaísmo nos anos fatídicos da ocupação alemã da Polônia.

Renomado educador, médico pediatra e escritor, Korczak criou e dirigiu diversos orfanatos até ser confinado, com seus pequenos alunos, no Gueto de Varsóvia, onde finalmente foi deportado junto com eles ao campo de extermínio de Treblinka, em agosto de 1942. Não aceitou o oferecimento de poupar sua vida, e preferiu morrer nos fornos crematórios do campo de concentração com seus discípulos.

Ao acolher esta exposição, gentilmente enviada pelo Museu Judaico do Rio de Janeiro, no Instituto de Tecnologia ORT, homenageamos também os 129 anos de história da ORT Mundial e a memória de seus 3071 diretores, professores e alunos mortos durante o holocausto.

É conhecido que mesmo com as grandes dificuldades trazidas pela Segunda Guerra Mundial, a ORT continuou desenvolvendo sua atividade educativa, inclusive nos guetos de Varsóvia, Lodz e Rovno, e até em campos de concentração. O treinamento nas oficinas da ORT foi um verdadeiro “passaporte para a vida” para muitos judeus, permitindo-lhes a sobrevivência, e fazendo parte da resistência física e espiritual frente à barbárie nazista.

Mas, na preparação desta exposição, encontramos uma dessas coincidências e identificações que fazem parte de nossa tumultuada, única e rica história:

A ORT teve oficinas de treinamento profissional no Gueto de Varsóvia, e uma dessas oficinas funcionou no orfanato da rua Krochmalna, nº 92, dirigido por Janusz Korczak e Stefa Wilszynska, mostrado nesta exposição.

Seu diretor, Joseph Jashunsky, e sua família, junto com seus alunos e colaboradores, também foi deportado e morreu em Treblinka, em 18 de Janeiro de 1943.”

Hugo Malajovich
Diretor
Instituto de Tecnologia ORT

Max Nahmias recebe o livro “ORT, the Second World War and the rehabilitation of holocaust survivors”
Na exposição
Max Nahmias, Nissim Cohen Hallale e Sheila Cohen Hallale
Read More
,

Palestras sobre jornalismo

No dia 24 de março, os alunos de Comunicação Social assistiram a duas importantes palestras sobre Jornalismo.

De manhã, a jornalista Camila Welinkson falou sobre o projeto de educação a distância “Ai Tem Química”, produzido pela PUC em convênio com o Ministério da Educação e sobre suas experiências no mercado de trabalho com jornalismo de guerra, agências de notícias e produção de vídeos, seu projeto atual.

À tarde, foi a vez de Marcio Sternick, Editor-Coordenador de Projetos Especiais da Rede Globo que também trabalhou no RJTV. O Jornalista explicou a rotina de quem trabalha em uma grande empresa e a responsabilidade de veicular mensagens.

 

 

 

A jornalista Camila Welinkson no ORT

 

 

 

 

 

 

O jornalista Marcio Sternick na sua palestra

Read More
,

ORT no Planetário

Os alunos do 6º ano do ensino fundamental do ORT participaram, no dia 11 de Março de 2009, de uma visita guiada ao Planetário da Gávea.

Acompanhados da professora Ellen Pombal realizaram diversas atividades e experiências da área de ciências.

Grupo de alunos com a professora Ellen Pombal
Viajando à Lua?
“E pur si muove”
Read More